terça-feira, 6 de julho de 2010

O NAMORO CRISTÃO


Introdução


É muito comum ter o desejo de namorar. Isto não é pecado, é natural e comum a qualquer pessoa. O grande problema é a causa ou o que leva uma pessoa ao namoro ou ir a busca dele. Temos observado que muitos jovens e adolescentes cristãos, entram em um relacionamento, (se não for pela maneira correta) para sua própria destruição, e isto, nos sentidos morais, físicos e principalmente espirituais.
A onda do momento é ficar. Acreditamos que ficar é o começo de uma desgraça total no relacionamento a dois. Existem aqueles que ficam tanto, que no final acabam ficando sós definitivamente. Ficar é basicamente quando duas pessoas resolvem trocar beijos e carícias durante um determinado momento ou período. Este tipo de relacionamento é totalmente imoral e sem nenhum compromisso. Um relacionamento assim, significa que só se está experimentando a pessoa. Uma garota pode se apaixonar por um rapaz e este querer experimenta-la ficando com ela. Se gostar, fica outras vezes, se não lhe agradar, inventa uma desculpa qualquer e cai fora. Ele usou a garota como um objeto descartável. Resultado de tudo isto, um relacionamento entre duas pessoas que poderiam, no mínimo serem amigos, despedaçar.
O crente deve evitar relacionamento deste tipo. As garotas da igreja devem, na verdade é ficar a quilômetros de distância dos “Dons Juans” que, lamentavelmente, existem dentro da igreja. É bom frisar que entre as garotas pode ter uma ou duas que conhece o gosto da saliva de quase todos os garotos da igreja.
Mas afinal, o que leva uma pessoa a namorar ou se preocupar com este relacionamento? A nossa oração é que cada jovem e adolescente crente, possa encontrar uma pessoa certa para se relacionar com um namoro baseado na Palavra de Deus. Destacaremos alguns fatores que pode impulsionar alguém a namorar. Mantenha seu coração aberto e preste atenção para que você possa viver a Palavra de Deus até mesmo na escolha do namorado (a).

Bom estudo.

Solidão:

Pode não parecer, mas, muita gente pensa que namoro é pra quem vive só. “Eu vivo só, preciso arranjar um relacionamento...” – Pura tolice! Não pode haver um bom relacionamento se alguém assim pensar. O namoro não é pra resolver problema de relacionamento social, nem mesmo os de origem familiar.
Quando se trata de crente muito menos. Deus, nos diz as seguintes palavras:
Lembre da minha ordem: "Seja forte e corajoso! Não fique desanimado, nem tenha medo, porque eu, o Eterno, o seu Deus, estarei com você em qualquer lugar para onde você for!" (Josué 1:9 BLH).
Estas palavras não foram direcionadas exclusivamente a líderes como Josué. Não estão ligadas somente a situações parecidas como às dele. Deus promete que nunca nos deixaria.

“Ainda que o meu pai e a minha mãe me abandonem, o Eterno cuidará de mim.” (Salmos 27:10 BLH)

“Viverei entre o meu povo de Israel neste Templo que você está construindo e nunca os abandonarei”. (1 Reis 6:13 BLH)

“Não vou deixá-los abandonados, mas voltarei para ficar. Entregue os seus problemas ao Deus Eterno, e ele o ajudará; ele nunca deixa que fracasse a pessoa que lhe obedece. Mas, quanto àqueles assassinos e traidores, tu, ó Deus, os jogarás no fundo do mundo dos mortos; eles não chegarão até a metade da sua vida. Eu, porém, confiarei em ti. (Salmos 55:22-23 BLH)

com vocês”. (João 14:18 BLH)

Se você pensa em arranjar um namorado (a) porque se vê só, tome cuidado! O namoro não é pra esta finalidade. Não troque um problema por outro ainda maior.

Ansiedade:
Postar um comentário